Mais uma primavera…

Boa noite amiiiigooosss!!!
Tudo bem com vocês??? Hoje completei 29 aninhos de vida, Meu Deus já estou chegando na casa dos 30! hahaha. Mas acredito que cheguei bem nessa idade, tenho ao meu lado uma pessoa que me ama e que eu amo mais que tudo; minha família super presente, me apoiando e dando suporte em toda e qualquer decisão que precise tomar e amigos, que são fundamentais para nossa vida. Sou feliz com tudo que conquistei, sou feliz por ter pessoas especiais na minha vida, feliz por todo amor que recebo e tenho em meu coração. O que mais posso querer?
Esse final de semana pude reencontrar minhas amigas de SP, Érika e Camila, com um super bônus, a Marinha (minha segunda mãe e mãe da Cá). Infelizmente não pude encontrar a Claudinha, mas ela estava presente de coração. Pudemos conversar, dar muita risada e matar a saudade, melhor presente de aniversário “ever”!!!
Hoje passei o dia com meu amor, família e amigos, um bom almoço em uma churrascaria e a tarde um bolinho com pessoas especiais na casa da minha mãe. Denise amigona pra vida toda, sempre presente, amiga muito querida; meus pais, irmão, madrinha, primos e meu amor, obrigada pelo dia maravilhoso!
Ahn! Devo comentar, ganhei um presente que vai me ajudar muito nesse blog, ganhei minha tão sonhada batedeira planetária… hahaha. AMEI!!! Agora sim, vou poder fazer e testar altas receitas.
Mas o maior e melhor presente foi a presença de pessoas tão queridas nesse dia. Ficar mais velha nem sempre é uma coisa legal, ainda mais beirando os 30, mas a gente acaba percebendo que a idade não passa de um detalhe na sua vida, quando se tem tesouros como esses conosco. Mais um ano de vida, mais um ano de muitas alegrias, conquistas, mais um ano de muita experiência e maturidade. Uma nova fase de minha vida começa, espero que seja tão cheio de coisas boas, como foi meus 28 aninhos.
 Hoje também faz um mês que comecei a escrever esse blog. Tem sido uma terapia, adoro colocar aqui o resultados das minhas receitas, sejam novas, antigas, é um momento que eu tenho pra mim, de relaxamento, de realização até, eu diria. Obrigada pelo carinho de quem visita, acompanha e comenta aqui. Espero sempre trazer coisas boas pra cá e melhorar sempre.
Bom é isso, hoje sem receita, porque tudo foi comprado, vou postar as fotinhas do meu dia. Mas já estou acumulando receitas para postar, vou tentar atualizar com mais frequência o blog e postar mais receitas.
Obrigada pelo carinho de todos que lembraram do meu dia. Amo vcs!!!
Beijosss…

Denise e eu!

Eu, Luquinhas e o meu amor!

Juliana, Madrinha, Mamis, eu e Papis! Lindos, não?!!
Anúncios

FIFA em casa e nem era sexta-feira!

Booooaaaa noite!!
Tudo bem com vocês??? Comigo tudo ótimo, não emendei o feriado, mas meu dia foi super tranquilo. Apesar de hoje ser sexta, eu vou postar uma receita que eu fiz na quarta-feira. Não postei antes, porque estava aguardando a autorização da dona da receita, para eu poder postar e como fiz um bolo de cenoura ontem, aproveitei pra postar a receita primeiro, hehehe.
Quarta-feira, véspera de feriado teve FIFA aqui em casa, pois é, não era sexta ainda (hoje é sexta e também está tendo FIFA) e o pessoal já estava aqui de novo fazendo uma “farrinha”. Hoje eu fiz bolinhas de queijo e um croquete de atum, amanhã eu posto a receita.
Então, peguei a receita do blog da Fabiana, o Figos e Funghis, gente, maravilhoso o site dela, tem receitas deliciosas e as fotos dela são incríveis. Essa receita que eu fiz, ficou maravilhosa a massa, como falei para ela, fiquei na dúvida sobre misturar o fermento biológico seco com o leite morno, porque aprendi a misturar com um pouco de farinha primeiro, antes do leite ou da água, mas fiz exatamente do jeito que ela explicou e deu super certo, a massa fica linda, cresce muito.
Bom, segue as fotos e a receita.

(rende 12 unidades)
Ingredientes Massa

– 1/3 de xícara de chá de óleo vegetal
– 1/2 copo de leite morno
– 2 copos de farinha de trigo
– 1 colher de sopa bem cheia de margarina light
– 1 ovo inteiro
– 1 envelope (10g) de fermento biológico seco instantâneo
– 1/2 colher de café de sal
– 1/2 colher de café de açúcar
– 1 gema para pincelar a massa
Modo de Preparo
Numa tigela coloque o fermento e regue com o leite morno. Mexa rapidamente com um garfo. Acrescente o óleo, o ovo inteiro e a margarina. Bata com um garfo ou batedor de arame e reserve. Enquanto isso coloque a farinha de trigo em outro recipiente com o açúcar e o sal, misture. Faça um buraco no centro e despeje ali a mistura líquida. Mexa bem com um garfo até começar a tomar consistência de massa. Nesse momento passe a massa para uma tábua enfarinhada ou bancada (o que preferir) e trabalhe a massa por alguns minutos, apenas até que ela esteja lisa e homogênea. Faça uma bola com a massa, retorne ao recipiente, polvilhe farinha por cima, cubra com um pano e deixe descansar por 30 minutos.[Enquanto isso prepare o recheio]. 
Quando a massa estiver descansada abra com um rolo de massa em uma superfície enfarinhada até ficar na espessura desejada (quanto mais fina ficar, melhor, mas tome cuidado para não rasgar a massa quando for rechear. Abra no formato redondo como se fosse fazer uma mini pizza.
Ingredientes Recheio

– 500g de carne moída magra
– 1 pimentão vermelho sem sementes lavado e picado (não coloquei na minha receita, porque não tinha em casa)
– 1 lata de milho verde
– 2 ovos cozidos picados
– 1 cebola pequena picada
– 1 dente de alho picado
– 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes picada (opcional)
– 1 colher de sopa de amido de milho
– 1 colher de sopa de óleo vegetal
– salsa fresca picada
– sal a gosto
Modo de Preparo
Numa panela aquela o óleo e refogue nele a cebola e o alho. Junte a carne moída e refogue bem até ficar marronzinha. Neste momento junte o pimentão, o milho verde e cozinhe em fogo baixo até o pimentão amolecer. Em seguida polvilhe o amido de milho, a salsa, o sal e misture bem. O recheio vai se tornar mais encorpado, continue mexendo em fogo baixo por mais 3 minutos. Por fim acrescente os ovos cozidos picados, a pimenta e desligue. Espere o recheio esfriar e recheie todas as massas que for abrindo, distribuindo o recheio em uma de suas metades, fechando-as em seguida em meia-lua e apertando as bordas com um garfo para que não abram no forno. Por fim pincele a gema de ovo sobre cada empanada e leve para assar em forno pré-aquecido em 200º por 20 minutos, ou até perceber que a massa está levemente dourada. Não deixe passar o ponto pois toda a graça da massa está na sua consistência leve e macia.
* Também fiz uma versão de recheio de pizza, com queijo mussarela, presunto picado, tomate e orégano. Ficou tão bom quando o de carne. Ele ficou mais douradinho, porque assei no forno elétrico e nele é bem mais rápido e doura bem, no forno tradicional demorou mais e não dourou tanto, mas o resultado foi o mesmo para os dois.
Eu dobrei a massa, como não consegui afinar muito, deu um pouco menos que a quantidade que a Fabiana falou, deu 22 empanadas. Se vocês derem uma olhada no site da Fabiana, vocês vão ver que o dela ficou bem mais fininha a massa, como deve ser, a minha que ficou mais grossinha, mas mesmo assim ficou delicioso!!!
Obrigada Fabiana, adoro seu blog e as suas receitas, espero repetir muitas outras receitas suas.
Beijos pessoal…

Receita que passa de mãe pra filha…

Boa Tarde pessoal!!!
Sabe aquela receita de bolo da sua mãe, que lembra sua infância e que todo mundo queria comer??? Pois é, até hoje o bolo de cenoura da Dona Marta faz sucesso, minhas amigas de infância lembram dele e sempre pedem para minha mãe fazer.
Mas acontece que a Dona Marta não quer mais saber de fazer o bolo, agora quem o faz sempre sou eu, e fica exatamente como o dela. É a genética! hahaha… E olha que um monte de pessoas já tentaram fazer, mas sempre dizem que não fica como o da minha mãe, por “sorte” herdei esse dom da Dona Marta.
Modéstia a parte, ficou muito bom, fiz com uma cobertura diferente dessa vez, ao invés da tradicional, fiz uma cobertura de ganache de chocolate meio amargo. 
Segue as fotos e a receita abaixo.

BOLO DE CENOURA DA DONA MARTA
Ingredientes
– 3 cenouras grandes descascadas e picadas
– 1 1/2 xícara de óleo 
– 6 ovos
– 3 xícaras de farinha de trigo
– 3 xícaras de açucar
– 1 1/2 colher (sopa) de fermento em pó
Modo de Preparo
Bata no liquidificador o óleo, os ovos e a cenoura por aproximadamente 3 minutos. Em um recipiente, peneire o açucar e acrescente o conteúdo do liquidificador. Misture bem. 
Acrescente a farinha peneirada, misture bem para não ficar empelotado, por último coloque o fermento e mexa delicadamente. 

Cobertura
– 2 xícaras de chocolate meio amargo picado
– 1 caixinha de creme de leite

Modo de Preparo
Derreta o chocolate no microondas e acrescente o creme de leite, mexa bem para incorporar todo o creme de leite. Pronto, só cobrir o bolo.
Espero que tenham gostado, fica muito fofo e com a cobertura de chocolate meio amargo, fica maravilhoso. Mas a cobertura fica por conta de cada um, qualquer cobertura de chocolate vai bem com bolo de cenoura.
Beijos e ótimo feridão pra todos…

É sexta-feira! É sexta-feira!!

Hello!!!
Sexta-feira, dia de FIFA aqui em casa, dia de preparar alguma coisa diferente… hehehe
Hoje preparei uma fogaça para o meninos, primeira vez que faço a receita e primeira vez que o Fábio comeu e ele AMOU! Ufa, que bom que deu certo… hahaha
Segue as fotos e abaixo a receita.

FOGAÇA

Ingredientes
Farinha de trigo quanto baste (para essa receita usei um pouco menos que 1 kg)
– 3 ovos ligeiramente batidos
– 2 copos de água morna
– 1/2 copo de óleo
– 1 colher (sopa) rasa de sal
– 60 g de fermento biológico fresco ou 2 envelopes de fermento biológico seco
– 1 colher (chá) açucar
Modo de Preparo
Misture o fermento biológico seco com um pouco de farinha, acrescente a água morna, misture bem, adicione o açucar e o óleo deixe descançar por aproximadamente 20 minutos. 
Se for o fermento biológico fresco, dissolva-o na água morna, acrescente o açucar e o óleo e deixe descançar por aproximadamento 20 minutos.
Acrescente os ovos e vá polvilhando a farinha e mexendo a massa com as mãos até dar o ponto de desgrudar das mãos, por último acrescente o sal. Derrube a massa em mesa enfarinhada e trabalhe a massa até ficar homogênea. Deixe descançar por 30 minutos.
 
Abra a massa, corte em discos, recheie a gosto e feche dobrandos as bordas. Deve ficar no formato de meia lua. Frite em óleo quente. A massa ainda cresce quando entra em contato com o óleo quente.
Eu fiz três recheios diferentes, de pizza, coloquei presunto, queijo, uma fatia de tomate e orégano; de presunto e queijo apenas e de calabreza refogada com alho, cebola, tomate e cheiro-verde.
O pessoal adorou, a receita deu 22 fogaças médias e acabou tudo! Que bom, adoro quando o pessoal gosta!
Bom, agora vou dormir, amanhã é dia de lavar roupa…
Beijosss…

Um Caldinho pra esquentar…

Olá pessoas!!! Boa Noite!!!
Andei um pouco sumida, mas estou de volta. Esse friozinho tem me dado uma preguicinha de cozinhar, aí já viu, estou apenas preparando o básico.
Semana passada acabou o curso de salgados que eu estava fazendo no Senac, fiquei um pouco perdida em casa nos primeiros dias, mas já estou me acostumando de novo. A boa notícia é que mesmo depois de “degustar / devorar” um monte de gostosuras nas aulas, até que não engordei, muito. É verdade!!! Eu adquiri apenas 300 graminhas, nada que com alguns exercícios no meu Wii Fit Plus, não me ajude a perder. Já comecei um treinamento intensivo, estou fazendo 60 minutos de exercícios todos os dias, espero perder uns 4 a 5 quilinhos até o próximo verão. Primeira semana, estou bem disciplinada, vou me esforçar para continuar no ritimo.
O deslise aconteceu ontem, que além de não ter feito minha horinha de malhação, ainda fui fazer um curso de trufas com a Ederli. Pois é, além de não me exercitar, ainda comi um moonnte de chocolate!!! Mas foi ótimo o curso, eu que nunca mexi com chocolates, aprendi muita coisa, agora só falta ir as compras e colocar em prática tudo que aprendi.
Além do curso que foi ótimo, deu pra matar a saudade da nossa teacher e da minha turminha, amigas que eu adorooo!!! Vou colocar uma fotinha nossa do último dia de curso.

Mas voltando a falar de culinária, hoje resolvi fazer algo diferente, diferente aqui pra casa, porque eu nunca tinha feito, mas uma receita super comum… Pesquisei algumas receitinhas na net, peguei um pouquinho de uma aqui, outro detalhe de outra lá e montei a minha receita de caldo de mandioquinha ou batata salsa.
E ficou bom, hein?!!! Nesse friozinho, com um arroz pra acompanhar, ficou perfeito…

CALDO DE MANDIOQUINHA
Ingredientes
– 8 mandioquinhas
– 3 dentes de alho
– 1 cebola pequena 
– cheiro verde a gosto
– 1 caldo de carne em pó
– 1 xícara de bacon
– 2 tomates maduros
Modo de Preparo
Descasque as mandioquinhas e coloque em uma panela de pressão com água até cobrí-las, com o caldo de carne, depois que começar a pressão, abaixe o fogo e deixe por uns  10 minutos, se você abrir e ainda não estiver cozida, volte ao fogo por mais uns 5 minutinhos. 
Separe umas 2 mandioquinhas cozidas, pique-as e reserve. Bata o restante as mandioquinhas cozidas com um pouco da água do cozimento no liquidificador, até ficar um creme, reserve (guarde a água que sobrar, se ficar muito grosso no final, pode acredentar um pouco dessa água) .

Em outra panela, frite bem o bacon com um pouco de margarina, acrescente o alho bem picadinho, deixe dourar um pouco e acrescente a cebola, deixe refogar até a cebola ficar transparente. Acrescente os tomates picados e vá mexendo de vez em quando, até que os tomates estejam moles, coloque o caldo batido no liquidificador e deixe ferver. Se achar que o caldo está muito grosso, pode colocar um pouco da água que sobrou do cozimento. Antes de desligar o fogo, coloque as mandioquinhas picadas e por último coloque o cheiro verde e acerte o sal. 
Hummm, fica maravilhoso!!! 
Vocês podem fazer várias adaptações de acordo com o gosto de cada um, pode colocar calabreza no lugar do bacon ou junto com o bacon. Se não tiver tomate, pode fazer sem também, se quiser apenas salsinha, também fica bom, e as quantidades de alho e cebola também podem ser a gosto.
Espero que tenham gostado… 
Beijosss…

Ta acabandooo…

Oiesss pessoas!!!
Hoje foi o penúltimo dia de aula do curso de salgados do SENAC, penúltimo dia de aula e último dia de preparações, amanhã será apenas a confraternização e entrega dos diplomas…
O que posso dizer desse curso é que foi uma das coisas mais gostosas que eu já fiz. Cozinhar sempre foi algo que eu gostava, sou do tipo que não se importa em passar horas na cozinha preparando um almoço para os amigos, um jantar para família ou simplesmente uma receita a qual eu esteja com vontade de comer. Claro, cozinhar assim é uma coisa, a obrigação do dia a dia é outra completamente diferente, mas não vou entrar nesse assunto.
O curso foi como uma inspiração para mim. Sempre acompanhei diversos blogues de culinária, pegando receitas, testando, apaixonada pelas fotos. Gente, as fotos me conquistam, existem alguns blogues que eu amo! As fotos são incriveis e meu desejo é de um dia conseguir postar fotos como as do Richie, da Patricia, do Vitor e muitos outros que eu adoro, claro, não só as fotos, mas também ser capaz de fazer preparações em outro nível, mais sofisticado, com algum diferencial. E o curso, me ajudou a confiar mais em mim, na minha capacidade, e consegui finalmente montar esse blog onde eu posso escrever sobre o que eu gosto e que espero um dia, conseguir postar fotos tão maravilhosas quanto as receitas que espero ser capaz de fazer.
Confesso que estava um pouco estagnada antes do curso, sem muitas perspectivas, no sentido de ter um hobby, de me dedicar a algo que me deixasse feliz, que me distraisse, desestressasse. E o blog tem me trazido isso, é um prazer poder escrever sobre culinária, tirar fotos (tentando fazer as fotos amadoras, parecerem profissionais! hahaha), testar receitas novas.
Vou sentir muitas saudades das aulas, o curso de salgados foi só o começo, espero fazer muitos outros cursos. Vou sentir saudades da nossa querida professora Ederli, das noites em que aprendemos muitas coisas novas e também demos muitas risadas. Vou sentir saudades das amizades que fiz, da convivência diária com pessoas que se tornaram especiais para mim! Pessoas que dividimos muitas risadas, tristezas, dificuldades, rindo, chorando, festejando, torcendo pelo outro. Meninas, vou morrer de saudades da nossa turminha!
Mas a vida é assim, um ciclo termina hoje, outro começa amanhã e assim vamos crescendo, amadurecendo e nos tornando pessoas melhores (assim espero!). Pode ser que pelas circunstâncias da vida, a gente acabe se afastando das pessoas que conhecemos, seja pela rotina de cada um, pela distância, mas essas pessoas que um dia se tornaram especiais para nós, serão para sempre especiais. Podem estar distantes, mas serão sempre parte de um pedacinho de nossas vidas, isso para sempre…

Bom, para amanhã a minha previsão é de muita emoção, choradeira geral! Vai ser difícil me despedir das amizades que conquistei, mas fica o sentimento de querer o melhor para todos, hoje e sempre…

Fotinha da nossa turminha!!!

Sexta-feira!!!

Boooaaa Noiteee!!!
Mais uma semaninha terminando, minhas férias que também acabaram essa semana, voltei a trabalhar quarta-feira… Ai, confesso que ainda ta difícil pra acordar cedo, hehehe, mas semana que vem eu já entro no ritmo de novo…
Sexta-feira, dia de FIFA aqui em casa/empresa, empresa/casa… A pedido do meu amor, fiz quibe para o pessoal. Como disse semana passada, o pessoal aqui adora um futebolzinho virtual, tirei umas fotos deles jogando, vou postá-las depois da receita. Agora são quase 23:40 hs e eles ainda estão animados, isso porque começaram umas 18hs!!! Mas é bom, momento de descontração, depois de uma semana de trabalho árduo… Ta pensando o quê, aqui a gente trabalha muuuuitoooo!!!
Segue as fotos do meu quibe e a receitinha. Nada de diferente, receitinha só pra constar!!!

QUIBE
Ingredientes
– 250 g de trigo para quibe
– 900 g de carne moida magra (patinho moido)
– 1 1/2 cebola
– 3 dentes de alho
– 1/2 maço de cheiro-verde
– 1/2 macinho de hortelã
– 1 colher (sopa) rasa de pimenta siria
– Pimenta do reino branca a gosto
– Sal quanto baste
Modo de preparo
Deixe o trigo para quibe de molho em água quente por pelo menos 40 minutos. Escorra e esprema a água do quibe com um pano limpo ou com as mãos. Cuidado que está quente! Reserve.
Pique a cebola, o alho, o cheiro-verde e a hortelã, tudo bem picadinho.
Misture muuuito bem, o trigo para quibe, com a carne e todos os outros ingredientes. Faça o formato e o tamanho de sua preferência.
Bom gente, quibe acho que todo mundo sabe fazer, e as quantidades vão de acordo com o gosto de cada um, se quiser mais cebola, menos cheiro-verde, mais hortelã, fica a critério de cada um. Pode colocar uma pimentinha dedo de moça beeemm picadinha, sem semente, fica muito bom!!!
E pra fechar o post olha os “meninos” jogando!!!

Beijosss…