Domingão!!!

Boa Noiteeee!!!
Domingão, dia de almoço na casa da mãe, Oooooo coisa boa!!! Assim, almoço na casa da mãe, mas quem cozinha sou eu!!! Pois é, todo domingo acordo cedo e vou pra casa da mamis preparar o almoço em família.
Hoje eu preparei um nhoc, além de um arroz especial, uma maionese de legumes básica, papis trouxe um costelão e um frango assado e fiz um ouriço com as batatas que não utilizei no nhoc. Bastante coisa, não?!!! Mas em casa é sempre assim, de domingo, sempre tem que ter um mooonte de comida…

Faltou a foto em família, só tirei uma fotinha do nhoc, que ficou maravilhoso. 

Pra variar, receita da Ederli. Ela está me salvando com suas receitas maravilhosas!!!
Pra provar que foi eu quem fez, tirei uma fotinha do nhoc antes de cozinhar e depois dele pronto. A receita segue depois das fotos (tirei as fotos do meu celular, esqueci minha câmera em casa, por isso a resolução não está muito boa).
NHOC DE BATATA
Ingredientes
 – 7 batatas asterix (rosa) médias
– 1 colher (sopa) bem cheia de margarina
– 1 ou 2 ovos
– 1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
– Sal a gosto
– Farinha quanto baste
Modo de preparo
Cozinhe as batatas até ficarem macias, passe pelo espremedor de batatas. Coloque os outros ingredientes, deixando a farinha por último. Vá acrescentando a farinha aos poucos, até dar o ponto de enrolar. 
Em mesa enfarinhada, faça rolinhos e vá cortando em pedacinhos. Leve ao fogo em uma panela com bastante água temperada com sal, quando a água levantar fervura vá colocandos os nhoques na água até eles começarem a subir.
Faça um molho de sua preferência, eu fiz um molho básico de carne moída, com alho, cebola, bastante tomate, cheiro verde e uma latinha pequena de extrato de tomate elefante. Ficou muito bom!!! 
Obs: Para a quantidade da foto, não utilizei a receita inteira acima, fiz meio a olho, menos batata, coloquei um ovo, um pouco menos de margarina, parmesão coloquei uma colher mesmo. Ficou muito bom, bem macio.
Espero que tenham gostado. Eu e o pessoal de casa adoramos a receita!!!
Beijosss…
Anúncios

Sexta-feira na empresa!!!

Olá pessoal!!!
Sei que hoje é sábado, mas vou falar sobre ontem.
Sexta-feira é dia de jogatina aqui em casa, empresa… Calma aí, nada ilegal, só um campeonatinho de FIFA! Para quem não conhece, é um jogo de futebol do X-Box, o pessoal aqui é viciado, jogam com telão e home theater! Semana que vem vou tirar uma foto deles jogando pra vcs terem uma noção.
E eu sempre faço alguma coisa pra eles beliscarem… Essa semana eu fiz um “Doguinho” ou Enroladinho de Salsicha, que aprendi com a Ederli, receita dela aliás, no curso de salgados do Senac. Não deu pra tirar fotos do passo a passo, mas segue as fotos que tirei e a receita.
DOGUINHO (Receita especial da Ederli)
Ingredientes
Massa
– 2 envelopes de fermento biológico seco
– 3 copos (americanos) de água morna
– 1 copo (americano) de óleo
– 2 colheres (sopa) de açucar
– 3 ovos
– 2 colheres (sopa) leite em pó
– 2 colheres (sopa) rasa de sal
– Farinha de trigo quanto baste
Recheio
– Salsicha picada
– Tomate concassê (sem pele e sem semente)
– Cebola
– Cheiro verde
– Ketchup
– Mostarda
– Maionese
Modo Preparo
Massa: Misture o fermento com um pouco de farinha. Acrescente a água morna, o açucar e o óleo, misture bem e deixe fermentar por uns 30 minutos. Depois acrescente os ovos levemente batidos, o leite em pó, o sal e a farinha de trigo aos poucos. Mexa suavemente até dar o ponto de desgrudar das mãos. Deixe descançar por mais 30 minutos.
Abra a massa com o rolo em formato retangular, recheie e enrole. Coloque em forma untada e leve para assar em forno médio, até dourar.
Recheio: Misture maionese, mostarda e ketchup, acrescente os outros ingredientes picados.

Curso de Salgados no Senac!!!

Oláaaa pessoas!!!
Dia corrido hoje, mas não resisti em dar uma passadinha por aqui…
Hoje vou falar um pouquinho do curso de salgados que estou fazendo no Senac. 
Primeira observação, engraçado como nossas vidas vão se entrelaçando nas vidas das outras pessoas e como nos tornamos facilmente uma família. Pois é assim que hoje vejo as pessoas do curso.
A primeira semana foi bem diferente, as aulas teóricas e por ser a primeira semana, acabamos nos mantendo um pouco separados, cada um na sua, ainda observando os outros. Na semana seguinte, quando as aulas práticas começaram, parece que ingressei num novo curso, com pessoas novas. Aos poucos fomos nos soltando, sendo um pouco mais nós mesmos e nos aproximando de quem tínhamos mais afinidades. 
Semana após semana, fomos conhecendo melhor as pessoas, nos aproximando mais de algumas, decorando o nome de todos da turma. Confesso que demorei um pouquinho para guardar o nome de todos, afinal, são 22 alunos, 22 carinhas novas, 22 diferentes nomes, 22 histórias de vida.
As aulas diárias, das 18:30 às 22:30, nos fizeram parte da vida de cada um, conhecendo suas histórias, suas dificuldades, seu estilo de vida e nos tornando próximos um dos outros. Como se a gente tomasse as “dores” dos outros, festejasse pela conquista de alguém e até chorássemos pela tristeza de alguns.

Não sei se falo por todos, mas o curso, mais que nos ensinar a fazer salgados, me passou, passa uma lição de vida também. Cada um, por mais diferente que seja, por mais longe que um more do outro,  pela diferença de idade, pela experiência de vida, tem um pouco a nos passar. Claro, cabe a cada um saber filtrar tudo e saber tirar o melhor da experiência um do outro.

Vou sentir muita saudade quando o curso acabar. E digo sem dúvidas, de que não estou aprendendo apenas a fazer salgados, estou aprendendo sobre a vida também…
Primeira fotinha do blog, já que estou falando da nossa turminha do Senac, fotinha nossa, com nossa querida professora, Chef de Cozinha, Ederli.
Beijos a todos…

Primeiro Post, o que dizer…

Olá pessoal!!!
Meu primeiro post, com um friozinho na barriga, será que alguém vai ler??? Será que alguém irá me seguir??? Indicar meu blog??? Adiei tanto começar um blog, com medo de que ninguém o acessasse, mas criei coragem e lá vou eu me aventurar no mundo dos blogues culinários…
Minha ansiedade é tanta, que esqueci de me apresentar, meu nome é Elaine, tenho “quase” 29 anos (falta exatamente um mês e um dia para isso acontecer), sou publicitária por formação, mas trabalho em uma empresa de tecnologia. Não, eu não sou programadora, sou comercial, administrativo, secretariado, recursos humanos e de vez em quando cozinheira também… Ou seja, faço de tudo, o que precisar fazer, estou a disposição.
Namoro com o Fábio há quase dois anos, pessoa mais especial que já conheci, companheiro, compreensivo, incentivador, inteligente, batalhador, pode parecer clichê, mas ele é meu porto seguro… hahaha. Moramos juntos na empresa dele, além de namorado, também é meu chefe no horário comercial…
Bem, estou contando toda essa história, para chegar na explicação para o nome do meu Blog, “Cozinha da Empresa”. Eu e o Fábio moramos na sede da empresa e a cozinha que é da empresa, também é minha no horário não comercial. Quer dizer, as vezes, no horário comercial também, ainda mais agora que estou de férias… O difícil é o pessoal ficando doido com o cheiro da comida, mas eu faço muita coisa para o pessoal aqui, são minhas cobaias… hahaha. E detalhe, sou a única mulher dessa empresa, então tenho que fazer jus a minha posição e de vez em quando fazer algumas degustações por aqui…
AMO cozinhar, amo aprender coisas novas. Atualmente estou fazendo um curso no SENAC aqui de Marília de Salgados. O curso é excelente, estou amando, já aprendi muuuita coisa!!! Nossa querida professora é a Ederli, do http://ederliciasedicas.blogspot.com/, que nos oferece muito mais do que a grade do curso, nos ensina novas oportunidades, nos ensina com dedicação, amor e com direito a todos os segredinhos, que fazem o sucesso das receitas.
Minha idéia em ter esse blog, é fazer dele meu livro de receitas, colocar aqui, meu amor pela culinária, as receitas que estarei testando, com os prós e contras, prometo contar tudo, as dificuldades, se deu certo, se deu errado.
Espero que vocês gostem, sejam sempre bem vindos!!!
Beijosss e até o próximo post!!!